ReviewsSériesHawkeye

Kate Bishop, uma arqueira talentosa, acaba no meio de uma conspiração criminosa. Entretanto, a viagem de Natal de Clint Barton com a sua família é interrompida por uma parte negra do seu passado. É uma questão de tempo até os caminhos destes dois se cruzarem, obrigando Hawkeye a deixar a sua reforma.
16 de Maio, 2022735
Ano
2021
Temporada
1
Classificação
12+
Score Final
Avaliações
Argumento
95%
Acting
100%
Fotografia
100%
Edição de Som
100%
Apreciação Flick
Uma emocionante e inesquecível aventura de Natal.

Clint Barton (Jeremy Renner), introduzido em ‘Thor‘ como agente da SHIELD, e mais tarde como parceiro de Natasha Romanoff e Avenger, sempre foi visto mais como uma personagem secundária do que principal. A sua presença servia sempre para impulsionar o desenvolvimento das outras personagens, e em ‘Hawkeye‘ não é diferente.  Na série, este será mentor do seu legado e futuro promissor da Marvel, Kate Bishop.

 

 

A Marvel passou um bom tempo em negociações para garantir que seria Hailee Steinfeld a interpretar a nova heroína do Universo Cinematográfico, e a luta valeu a pena.

Kate Bishop era uma criança quando aconteceu o ataque alienígena a Nova Iorque em 2012. Quando esta estava prestes a ser atingida, Hawkeye salvou o dia. A partir desse dia, Kate ganha um interesse pelo arco e flecha e qualquer outra atividade que pudesse torná-la capaz de proteger a sua mãe, depois do pai ter falecido nesse mesmo dia. 10 anos depois, o seu caminho cruza-se com o de Clint e ela finalmente conhece o seu herói.  Kate, através do carisma irresistível de Steinfeld, consegue apaixonar qualquer um.

 

 

O único erro que vejo em ‘Hawkeye‘ é com o arco da Maya, conhecida nos comics como Echo, e que terá brevemente uma série solo. Talvez seja por isso que a produção tenha decidido não investir nela, mas foi claramente um erro. Maya é surda,  e ao ser introduzida, vemos como ela lida para que isso não seja uma limitação. Ela também tem uma prótese numa das pernas e isso motiva-a para ser melhor que os outros. Todos estes elementos são introduzidos muito bem para depois serem postos de lados, de modo que a personagem só serve apenas como ligação para aparentemente o grande vilão da série.

 

 

O maior objetivo da série é apresentar Kate Bishop e isso fez na perfeição. Além das qualidades já mencionadas da atriz e personagem, é interessante que Kate já tenha passado por anos de treino, não tendo que provar a sua habilidade no ecrã. Ela só precisa de aprender o que significa ser uma heroína. E chega a ser poético que essa lição venha daquele que não se vê como tal mas que vestiu o fato de herói ao longo da sua vida.

A série entrega-nos grandes momentos de ação, uma fotografia espetacular e uma soundtrack que complemente muitíssimo bem todo o ambiente envolvente.

Hawkeye‘ foi uma grande surpresa e mal posso esperar para ver mais de Kate Bishop no futuro do Universo Cinematográfico da Marvel.

 

 

 

Explora mais por aqui

Moon Knight

Moon Knight

7 de Maio, 2022
170
X

X

2 de Maio, 2022
211