ReviewsFilmesSpider-Man: No Way Home

Quando a identidade de Peter Parker é revelada, este pede ajuda a Doctor Strange para que faça um feitiço de modo a que toda a gente esqueça que é o Spider-Man. No entanto, as coisas correm mal e vilões de outros universos são libertados.
16 de Maio, 2022912
Ano
2021
Duração
2h 28min
Realizador
Jon Watts
Classificação
12+
Score Final
Avaliações
Argumento
95%
Acting
100%
Fotografia
100%
Edição de Som
100%
Apreciação Flick
Um filme que brinca com as emoções do espectador até ao último minuto.

É difícil falar de ‘Spider-Man: No Way Home‘ sem dar spoilers, pois é daquelas produções que temos vontade de comentar todas as cenas, todos os pormenores.

O filme continua precisamente onde acabou em ‘Spider-Man: Far From Home‘, quando Mysterio revela ao mundo a identidade de Spider-Man, e é então que a vida de Peter Parker não é mais a mesma. Parker decide pedir ajuda a Doctor Strange para que este faça um feitiço em que todos se esqueçam que ele é o Spider-Man. No entanto, as coisas não correm como esperado, trazendo graves consequências.

 

 

Spider-Man: No Way Home‘ é o maior evento cinematográfico desde ‘Avengers: Endgame‘. Este filme é muito mais que um fan service em que questionamos quantas personagens se consegue colocar na mesma cena. ‘No Way Home‘ representa a transformação de Peter Parker em herói. Sim, ele já salvou muitas vidas, lutou contra o Thanos. Porém, nessa grandiosidade da Marvel, esquecemos que ele é apenas um adolescente.  Lembram-se em “Civil War‘ quando o Peter diz ao Tony Stark que não pode lutar porque tem trabalhos de casa para fazer? Isso é a realidade da personagem. Ele preocupa-se em entrar na faculdade, estar perto da namorada e do melhor amigo. E muitas vezes ele acaba por ser imaturo nas suas decisões e posteriormente não lidando da melhor maneira com as consequências. Mas as coisas mudam com este filme e finalmente vemos a personagem crescer.

Existem alguns erros no guião mas em contrapartida, ‘No Way Home‘ entrega-nos uma fotografia espetacular, uma soundtrack muito bem escolhida e um elenco que funciona na perfeição. Tom Holland apresenta-nos a sua melhor performance no Universo Cinematográfico da Marvel. Este mostra-nos todo o seu talento, com algumas das cenas mais emocionantes e exigentes da sua carreira ao vestir o fato do super-herói.

 

 

De todos os vilões, tenho que destacar o inigualável Willem Dafoe. O seu regresso como Green Goblin ficará na memória dos fãs. Este Norman Osborne é mais perigoso, psicopata, interessante e assustador que já vimos. William Dafoe entrega-se sem dúvida de corpo e alma à personagem.

Muito resumidamente, ‘Spider-Man: No Way Home‘ consegue equilibrar a ação e o humor de uma forma brilhante e entrega um fan service com respeito. Não adianta só fazer o que o fã deseja, é necessário fazer com que funcione. Assim, Jon Watts realiza o melhor filme da trilogia e um dos melhores do Universo Cinematográfico até ao momento.

Um filme que brinca com as emoções do espectador até ao último minuto.

 

 

 

 

 

 

Explora mais por aqui

Moon Knight

Moon Knight

7 de Maio, 2022
169
X

X

2 de Maio, 2022
210