ReviewsFilmesDune

Paul Atreides, um jovem brilhante e talentoso com um grande destino, terá que viajar para o planeta mais perigoso do universo para garantir o futuro da sua família e do seu povo.
16 de Maio, 20221009
Ano
2021
Duração
2h 36min
Realizador
Denis Villeneuve
Classificação
12+
Score Final
Avaliações
Argumento
60%
Acting
70%
Fotografia
100%
Edição de Som
100%
Apreciação Flick
‘Dune‘ é um filme extraordinário mas que ao mesmo tempo traz um sabor amargo de frustração.

Dune‘ passa-se no ano de 10191 d.C, onde os planetas são comandados por casas que fazem parte de um império.

O Duke Leto Atreides (protagonizado por Oscar Issac) torna-se o novo responsável pelo planeta Arrakis, conhecido como Duna, onde é lá que o universo consegue uma especiaria única e caríssima.

 

 

É claro que a influência e o poder da família Atreides provoca inveja, cobiça e fúria de outras casas, o que torna tudo um jogo de política. O grande inimigo é o Barão Vladimir Harkonnen (Stellan Skarsgad), que está a organizar um exército para acabar com os planos da família e tirá-los da vantagem politica e económica.

Porém, a grande questão de tudo está no filho de Leto, Paul Atreides (Timothée Chalamet), cuja vida gira em volta de uma profecia posta nele, e que é ele o grande salvador do universo.

A sua mãe, Lady Jessica (Rebecca Ferguson) pertenceu às Honradas Madres chamadas de Bene Gesserit, cuja vivência está ligada ao misticismo. Esta, treina Paul para desflorar nele o poder de mudar o destino do universo.

 

 

Denis Villeneuve leva o espectador à primeira etapa de uma grande jornada, sendo este filme o capítulo inicial. Como tal, existe o arco principal, que se resume à apresentação de todas as personagens e ao mergulho na mente do único e verdadeiro protagonista de tudo: Timothée Chalamet.

O ator, que vem acumulando experiências interessantes na sua carreira, despe diversas camadas na sua personagem. É possível embrenhar-nos nas suas dores e anseios de uma forma extraordinária.

 

 

Por sua vez, o elenco conta com diversos talentos, como o próprio Oscar Isaac e a Rebeca Ferguson aproveitando cada minuto de cena, Stellan Skasgard, Jason Momoa, Josh Brolin, Javier Bardem e o brilho de Stephen McKinley Henderson e Charlotte Rampling devorando todos à volta no pouco espaço que têm.

Uma das grandes qualidades do filme é este saber aproveitar o tempo de cada personagem e nenhum ator parecer desperdiçado exceto Zendaya, que teve um tempo de cena ridículo. Chega a ser frustrante depois de todo o marketing em sua volta para depois termos ao todo uns 3 minutos da atriz.

 

 

Como esperado num filme de Villeneuve, é inegável a qualidade técnica de ‘Dune‘, como a fotografia grandiosa e uma soundtrack que complementa muitíssimo bem todo o ambiente envolvente do filme. Vale também destacar os figurinos que são a coisa mais bonita que já vi. Desde os trajes militares, o visual da família Atreides e os trajes típicos dos Fremen, com sistemas de filtragem de água que são essenciais para o filme.

Dune‘ é um autêntico espetáculo visual e que deve ser visto na grande tela. Porém, um dos grandes problemas deste filme é o facto de que não existe um equilíbrio entre a apresentação do que é o capítulo inicial e o desenvolvimento do seu próprio arco.
O argumento consegue criar a atmosfera ideal, mas o ritmo vai falhando e acaba por atrapalhar a imersão do espectador, que sente, em diversos momentos, que a história não está a ir a lado nenhum. E isso pode acabar por prejudicar a experiência. O filme acaba quando a história parece estar apenas a começar, como se o terceiro ato tivesse sido guardado para depois.

Dune‘ é um filme extraordinário mas que ao mesmo tempo traz um sabor amargo de frustração.

 

 

Explora mais por aqui

Moon Knight

Moon Knight

7 de Maio, 2022
169
X

X

2 de Maio, 2022
210