NewsGlobos de Ouro 2022: Sem tapete vermelho, sem celebridades… e sem transmissão.

16 de Maio, 2022813

A edição deste ano dos Globos de Ouro seguem para mais uma polémica. A cerimónia será de forma privada, com os vencedores a serem divulgados pelas redes sociais e os resultados completos posteriormente pela imprensa.

O evento será realizado sem o glamour a que estamos habituados, sem tapete vermelho, presença da imprensa, celebridades e sem transmissão televisiva. Apenas membros da HFPA (Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood) estarão presentes, juntamente com representantes de entidades da filantropia.

A polémica em volta da HFPA e da sua estrutura organizacional já dura há algum tempo desde que o jornal Los Angeles Times divulgou, em fevereiro de 2021, um artigo sobre as práticas financeiras questionáveis da entidade e do seu pobre histórico de diversidade e representatividade, sem contar com um único membro negro.

Agora, gigantes como a Warner, Netflix, Amazon e até mesmo a própria NBC (que fazia a transmissão da premiação), juntaram-se para promover um boicote ao evento e cortando também relações com a entidade.

Atores como Scarlett Johansson e Mark Ruffalo juntaram-se aos protestos, pedindo a todos para que se distanciassem da HFPA. Tom Cruise foi mais longe e devolveu os três prémios que conquistou ao longo dos anos como forma de protesto.